MENU PRINCIPAL

NOTÍCIAS / NEWS

13 de Março, 2015

No dia 19 de Março, as 19h, vou inaugurar uma exposição de desenhos e um vídeo-objeto. Será no Espaço Oficinas do CIC, em Florianópolis. Neste local onde outras exposições foram feitas com meus trabalhos ao longo dos últimos 20 anos, sempre orientados pela artista plástica Mara Santos. Fazia tempo que eu não desenhava nem pintava, e ano passado voltei por uma questão quase existencial-terapêutica :)  Sem saber por onde começar (e adorando esse vazio sem conceito, algo raríssimo quando trabalho com vídeo), escolhi um objeto que me agradava estéticamente: uma cadeira velha com a pintura descascando e o vime seco se desfazendo em alguns cantos, encontrada na casa de minha mãe. Lembrei de uma passagem do livro As Portas da Percepção, de Aldous Huxley, que li aos 17 anos quando passava a pintar com mais foco nas temáticas pessoais… Emprestei o livro da biblioteca da minha mãe e foi talvez o primeiro livro que escolhi completamente por conta própria e que gostei, aprendendo que tem livros que se pode até gostar de ler (!). Adolescente e aberto para ‘estados alterados’, adorei o livro e o paralelo que Huxley faz entre o olhar do artista e a (terceira) visão, desconceitualizada, que o enteógenos provocam em quem ingere, no caso, a mescalina.

Ano passado conheci o México com minha mulher quando fomos convidados pra exibir o filme dela ‘Eu Sou de Lá’ num festival de cinema de mulheres. A cultura do país me permeou de forma bem marcante, sem falar do ‘ouro líquido’ que me permeou: o destilado Mezcal, feito do Agave (o mesmo cactus que resulta na Mescalina que Huxley tomou no livro). Isso também entrou no processo de concepção e criação destas obras, acredito.

Enfim, não sou muito de explicar essas coisas, até porque não saberia, então copio abaixo o release da exposição “descadeira”, que vai do 19 de Março até 14 de Abril:

O QUÊ: Exposição “descadeira” de desenhos e um vídeo-objeto do cineasta e artista plástico Alan Langdon.

ONDE: Espaço oficinas – Centro Integrado de Cultura (CIC) – Florianópolis, SC

QUANDO: Abertura:  Quinta-feira, dia 19 de Março, às 19h.  Visitação: 19 de Março até 14 de Abril, 2015

Sobre a exposição “descadeira”

uma cadeira não é uma cadeira não é uma cadeira

Alan Langdon exibe cerca de dez desenhos e um vídeo-objeto, inspirados numa cadeira velha encontrada na casa de sua mãe. Tendo como ponto de partida uma passagem do livro “As Portas da Percepção” de Aldous Huxley, Langdon desdobra formas de ver e transcrever a presença da cadeira, abrindo arestas para o inconsciente e o plástico, destituindo o objeto de sua utilidade para destilar sua existência como forma de luz, sombra e sugestão. Realizadas na oficina de exploração visual orientada pela artista plástica Mara Santos, no Centro Integrado de Cultura, as obras expostas marcam para o artista um retorno à produção plástica, linguagem que influenciou profundamente seu trabalho em vídeo-arte e documentário.

“Dois grandes apetites da alma, a ânsia de auto-suficiência e o afã de transcendência, foram fundidos com (e à luz de) um terceiro: o ímpeto de louvar.”

– Aldous Huxley, As Portas da Percepção

————–

18 de Novembro, 2013 /// November 18, 2013

PORTUGUÊS>>> Acaba de sair do forno o clipe da música “Intro” do rapper Masta Free, de Guiné-Bissau. Fristtram Helder Fernandes, a.k.a. Masta Free, estuda Ciências da Computação da UFSC, em Florianópolis. A música abre o disco “Origem”, gravado em Teresina e lançado na mesma ocasião do clipe, no dia 14 de Novembro de 2013. O clipe, que conta com a participação de Nefferkturu, foi feito com a ajuda da jornalista Sansara Buriti (que está finalizando um documentário sobre os estudantes africanos da UFSC), e Alan Langdon ficou em cargo da direção, câmera e montagem.
ENGLISH>>> Alan Langdon just finished the music video for the track “Intro”, off of Masta Free’s album “Origem”. Fristtram Helder Fernandes, a.k.a. Masta Free, is a rapper from Guiné-Bissau who is studying IT at the federal university in Florianópolis. The album, Masta’s first, was recorded in Teresina and released on the same occasion as the music video, on Nov 14th 2013. Alan Langdon directed, shot and edited the music video, with the help of the journalist Sansara Buriti (who is finishing a short documentary about the African students at the local university). Nefferkturu also guest appears in the music video.

•••

18 de Março, 2013 /// March 18, 2013

PORTUGUÊS>>> Acabo de re-masterizar meu curta “O Retrato de Doriana Extra Cremosa com Sal”, de 2006. O filme, planejado para exibição com 2 projetores, não estava online com sua resolução total.

ENGLISH>>> I just re-mastered my 2006 short experimental piece “The Picture of Doriana Extra Creamy with Salt”. Originally made for dual-projection screening, had not been posted online with its full resolution.

29 de Abril de 2012 /// April 29, 2012

PORTUGUÊS>>> Este domingo dia 29 de Abril,  o curta Betóva – o ano da cachorra, de Alan Langdon, recebeu a Menção Honrosa do júri no FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense. O júri, formado por Luiz Carlos Barreto, Cavi Borges e Luiz Alberto Cassol, elogiou o filme e concedeu a menção ao documentário “pela originalidade na montagem e irreverência na proposta narrativa.”

O curta Betova – o ano da cachorra sintetiza em 15 minutos um extenso projeto online no qual o cineasta registrou o primeiro ano de vida da cadela Betova em 365 episódios diários. O curta pode ser visto no site do projeto: www.Betova.tv, onde os episódios diários também estão disponíveis para serem vistos.

ENGLISH>>> Last Sunday, April 29th,  the short film Betova – the year of the dog, by Alan Langdon, received the Honorable Mention of the Jury at FAÇA – Festival Audiovisual Catarinense.  The jury, composed of renowned filmmakers Luiz Carlos Barreto, Cavi Borges and Luiz Alberto Cassol, were impressed by the short film and awarded the documentary  ”for its original editing structure and for the off-beat narrative approach”.

The short film Betova – the year of the dog summarizes in 15 minutes an extensive online project in which the filmmaker documented the dog’s first year of life, posting 365 daily web-episodes. The short film can be seen at the project’s site, enabling Closed Caption for english subtitles: www.Betova.tv

At the website one can also view the 365 individual episodes, which amount to over 4 hours.

Novembro 2011 /// November 2011

Sansara Buriti e Alan Langdon nos levam à Stockholm (ou pelo menos às partes que eles conseguiram filmar, pois com o frio danado daquela bela cidade, a bateria da camera ficava morrendo a toda hora!). Vejam as roubadas em que se meteram antes mesmo de pousarem na capital da Suécia (e da Scandinávia), e algumas das coisas básicas que eles descobriram sobre o país. Feito especialmente para o site VIAJÃO.com

Deu coceira? Acesse as fotos das viagens que os dois têm feito pelas Europas:

http://www.flickr.com/photos/alanlangdon/collections/72157627622325757/

Outubro de 2011 /// October 2011

<<PORTUGUÊS>>

O documentário Sistema de Animação, que fiz com Guilherme Ledoux, participou do festival Documental 2011, que ocorreu em Lyon, França, entre os dias 10 e 15 de outubro. O filme, que retrata o genial músico florianópolitano Lourival José Galliani, vulgo Toucinho Batera, foi muito bem recebido pela sala cheia e recebeu muitos comentários bons do Juri e do público. Sendo o único longa-metragem brasileiro no festival, o filme foi exibido na noite de encerramento, sábado, ao lado do curta metragem FreeStyle, de Pedro Gomes (SP). Eu tive a sorte de poder estar presente no final de semana da exibição e curtir de perto o “efeito Toucinho” no público francês, que pareceu entrar de cabeça na viagem de retratar nosso querido baterista. A barreira da lingua foi transposta graças as legendas em francês e certamente também graças à energia sincera e direta que o Toucinho emana durante o filme. Conheci muita gente bacana também, como o membro do juri Cezar Galindo, cineasta Peruano (www.RunaFilm.com).

>>ENGLISH<<

On Saturday, October 15th, the documentary Billy Bacon’s Groove System, which I directed with Guilherme Ledoux, crowned the closing night of  Documental 2011 festival, in Lyon, France. The independent DV film, which portrays the one-of-a-kind drummer Toucinho <Billy Bacon>, was very well received by the full house, inspiring enthused comments by the jury and audience. Being the only feature-length film from Brazil to participate, the film was screened side-by-side the short film FreeStyle, by Pedro Gomes (SP). I was able to be there in person that weekend and witness the “Billy Bacon” effects on the audience, which seemed to dive head-on into our dear musician’s life, surfacing at the end with a smile and lots of things to talk about. The language barrier was easily transposed by the subtitles and certainly also by the raw and sincere energy Billy exudes throughout the film. I also had the pleasure of exchanging ideas with member of the jury Cezar Galindo, a Peruvian filmmaker. (www.RunaFilm.com)

— 1 de Junho de 2011 A banda Unfactory, encabeçada por Chris Lima, acaba de lançar no YouTube seu videoclipe “Electric Tears”, do EP She Bleeds. http://www.youtube.com/watch?v=UqNDf3OqFB8 Assista o clipe em alta definição AQUI. O vídeo, estreado por Camila Sokolowski, foi dirigido por Alan Langdon e quem assina a maquiagem e o figurino original é Ana Lucia Carpes. Chris Lima atualmente mora em Portugal, de onde fez recentemente a mixagem do disco O.T. da banda catarinense Pornô de Bolso. Em visita à ilha, Lima aproveitou a oportunidade para lançar o clipe, recém finalizado por Langdon. Unfactory acaba de lançar seu novo album, Lunacy, disponível para baixar no site da banda. www.UNFACTORY.com RELEASE DO DISCO LUNACY: Início de 2010: Quatro anos se passaram desde que Unfactory começou a escrever novas canções para o sucessor de “She Bleeds EP”. A troca de idéias para as canções ea música foi feita exclusivamente através da Internet. E assim as canções e o conceito de “Lunacy” surgiram em cooperação com Chris (em Portugal) e Gustavo (no Brasil). A estrutura básica da música foi realizada pela primeira vez com sintetizadores em Aveiro e Florianópolis. As gravações finais com baixo, bateria e vocais foram feitas mais tarde, durante uma sessão de um mês no Brasil. Como no “She Bleeds EP”, Walmoli é quem toca bateria, e o baixo fica por conta de Andrey Silva. Deedee é novamente responsável pelas letras. Fabio Della da Aerocirco (www.aerocirco.com.br), que já estava tocando bateria no primeiro álbum de Unfactory, e Jean Gengnagel de Mottorama (www.myspace.com /mottorama) foram dois outros colegas envolvidos na gravação – com Fabio nas guitarras de uma canção, e Jean como uma “mão de ajuda” com os comcomponentes eletrônicos. O resultado é um álbum muito complexo e interessante, que foi lançado digitalmente em 2010. – - – 1 de Abril de 2011 Pornô de Bolso lança seu site pornodebolso.com nas vésperas do lançamento de seu primeiro álbum. A banda existe desde 2005. Com Domingos Longo (guitarra & voz) e Alan Langdon (bateria), Pornô de Bolso já viu a passagem de vários baixistas, mas hoje quem deita o grave é Rodrigo Alves. Em 2009, lançaram um EP chamado “Kit de Inverno 2009″, com 3 músicas gravadas e mixadas no Estúdio Maurício Alves. A capa foi feita pelo ilustrador Koostella. O EP rendeu o vídeo de “Concha”, editado com imagens de uma festa da banda. Em 2011, a banda põe na roda seu primeiro álbum “O.T.”. O disco foi gravado na casa de Alan pela própria banda com a ajuda de Rodrigo Alves. A data de lançamento é 10 de Abril de 2011, no Taliesyn Bar (Centro de Florianópolis), às 19h. A banda PRODUTO abre esta edição da Matinê do Rock. A entrada é 12 reais, com direito a um O.T. (o disco, não o serviço) na saída. Sobre o disco… A cozinha (baixo e bateria) foi captada “ao vivo”. Algumas músicas foram tocadas mais de 20 vezes, até que se acertasse o tempo. Guitarras e vozes foram gravadas mais tarde. Com todas as bases gravadas, o jeito foi pedir ajuda para que amigos mixassem o álbum. O primeiro baixista da banda, Cris Lima (do projeto eletrônico Unfactory), foi convidado para tirar vodka de pedra (mixar e masterizar). O disco levou um longo tempo para ser finalizado, precisamente de dezembro de 2009 a março de 2011. Neste tempo, o baixista Fernando Frankito saiu da banda. O disco conta com participações ilustres: Rodrigo Alves toca slide guitar em “Lamúria”, Marco Martins, um dos fundadores da banda, canta em “Minissaia” e Sansara Buriti faz backing vocals em “Se Tu Andas”. A banda montou uma verdadeira “fábrica” para montar a capa do cd. No melhor estilo “faça você mesmo”, um cortava, outro colava e outro prensava. Tudo bem artesanal, para que o disco chegasse até as pessoas da forma mais bruta possível. No outono de 2011, ao lançar seu primeiro disco, o trio já prepara o seu sucessor com várias faixas definidas. Pornô de Bolso é: Domingos Longo: guitarra e voz Alan Langdon: bateria Rodrigo Alves: baixo www.pornodebolso.com – - – - 10-02-11 E o ano de 2011 ja esta dando caldo: o curta BETOVA – o ano da cachorra, disponivel AQUI para visualizacao, foi selecionado para a Mostra do Filme Livre 2011, no RJ. O filme sera exibido dias 20 e 24 de Março, na programação Um Outro Olhar, conforme a programacao do site: clique AQUI para saber mais. O curta, que condensa um ano na casa do realizador Alan Langdon, faz parte do projeto O Ano da Cachorra, que inclue o site www.BETOVA.tv onde o publico pode acompanhar dia-a-dia o primeiro ano de vida da cadela magricela Betova. Hoje, quase 8 anos depois, Betova se diz um pouco mais cansada porém disposta a participar de futuras realizações audiovisuais. O diretor Alan Langdon se diz estar preparando um curta com o titulo provisório Casa de Saturno, onde Betova vai figurar novamente na casa. www.CASAdoALAN.com.br

No Comments

No comments yet.

Sorry, the comment form is closed at this time.

MENU PRINCIPAL